Buscar
  • Carol Contratipos

QUAL A MELHOR ESSENCIA PARA FAZER PERFUME? DIFERENÇA OLÉO ESSENCIAL E ESSÊNCIA | CAROL CONTRATIPOS

Atualizado: Mai 2



Qual a melhor essencia para fazer perfume? Saiba mais sobre a diferença entre oléo essencial e essencia | Carol Contratipos


Carol Contratipos - Uma das grandes dúvidas das pessoas é sobre a diferença entre óleos essenciais e essência, pois eles possuem o cheiro muito parecido e muitos ficam confusos sobre o uso de cada um deles. Muito bem, hoje abordaremos essa questão.


Quando vamos comprar produtos para nosso uso devemos entender uma coisa, os óleos essenciais têm o efeito terapêutico e as essências tem o efeito sensorial. Então, qual é a diferença entre o efeito terapêutico e o sensorial? Com o óleo essencial você pode fazer uma massagem ou banho relaxante, pode passar no corpo ou na pele, pode fazer a inalação e a difusão, pode sentir o aroma e ele vai ter uma eficiência terapêutica, ou seja, a propriedade do óleo essencial será transferida através da técnica para o seu corpo e você vai poder colher os seus benefícios. O óleo essencial é muito mais do que um perfume. Ele é um produto que serve para sua saúde, para o seu bem estar.


Qual é a diferença básica então em relação à essência? A diferença número um é que os óleos essenciais são feitos dentro de uma planta, de um ser vivo. Ele é extraído pela destilação ou pela pressão a frio, quando são cascas de frutos cítricos. Mas ele é vivo, ele é natural, vêm da planta e não se forma fora da planta não existe fora do ser vivo. Já a essência é uma cópia do óleo essencial. É uma cópia feita no laboratório que tem um preço mais acessível. E o efeito da essência é simplesmente sensorial. As essências servem para perfumar.


O perfume traz trazer? Sim, traz prazer. Mas ele serve para tratar algum distúrbio, algum desequilíbrio? Não. E serve mais para o bem-estar e para o prazer. Então as essências podem ser utilizadas desta forma, devem ser utilizadas dessa forma.


VEJA TAMBÉM;


PERFUMES SIMILARES IMPORTADOS

RÉPLICAS DE PERFUMES IMPORTADOS


Utilizando o difusor na aromaterapia


A forma mais tradicional de uso de essências e de óleos essenciais no sentido da aromaterapia é a aplicação no difusor de aromas. Quando você quiser efeito terapêutico deve utilizar o óleo essencial. Quando você quiser o efeito sensorial, somente o prazer do aroma, deve utilizar a essência ou também o óleo essencial, porque o óleo essencial também é cheiroso.


As essências hoje formam todos os tipos de perfume e cosméticos. Elas são a matéria-prima básica para a construção de um cheiro. Agora daremos algumas dicas sobre o uso das essências para a aromaterapia. Dividindo em famílias, as essências possuem propriedades para diferentes consumos.


A família que possui essências como a verbena, o lemongrass, o chá verde e o eucalipto tem uma afinidade com ambientes de trabalho ou ambientes corporativos como escolas e salas de reuniões.


A família que possui essências como o melão, a flor de maracujá, o alecrim e a vanilla tem relação com a celebração, contemplação, conforto e energização.

A família que possui essências como a flor de laranjeira, a pitanga, o pêssego, a manga (que são florais e frutais), são mais ligados à festa, à ambientes de celebração, à ambientes alegres ou infantis.


A família que possui essências como o ylang ylang (o ylang ylang é uma flor africana muito romântica e afrodisíaca), a rosa, a flor de cerejeira, a dama da noite (que também é afrodisíaca), tem relação com o romantismo e o amor.


A família que possui essências como a flor de lótus (para momentos de meditação), o jasmim (para momentos intuitivos e de contemplação), o sândalo e a lavanda são para momentos de relaxamento e harmonização.


Criando a sua própria fragrância


Todas essas essências têm propriedades sensorial. E, além de utilizá-las de forma individual para um momento específico, você pode misturá-las e criar a sua fragrância própria. Por exemplo, misturando a flor de laranjeira com lavanda e dama da noite você pode ter inúmeras fragrâncias. Isso porque você pode misturá-las em dosagens diferentes. Se misturar duas gotas de flor de laranjeira com quatro de lavanda e seis de dama da noite você terá uma fragrância. Mas se misturar seis de flor de laranjeira, duas de lavanda e quatro de dama da noite a fragrância será completamente diferente. Você pode desenvolver o aroma que quiser.


Uma dica importante é sempre anotar a quantidade e as essências que utilizar, pois você poderá descobrir um aroma maravilhoso, criado por você, e pode querer reproduzi-lo. Então, para não esquecer, anote tudo.

Faça suas misturas, conheça os aromas, aprenda sobre as propriedades e divirta-se muito!


73 visualizações0 comentário